Parque Fundidora inicia redesenho e pretende devolver Indy e Nascar ao México

O Parque Fundidora anunciou um compromisso de requalificação do seu formato viário de 3,4 quilómetros. O circuito está situado na cidade de Monterrey, no México, e facilitou corridas de caminhão entre 2001 e 2006. O brasileiro Cristiano da Matta venceu duas versões, em 2001 e 2002, enquanto Bruno Junqueira venceu na última corrida realizada no circuito em 2006.

A reforma de 50 mil metros quadrados de capota preta pretende atrair IndyCar e Nascar para a cidade e custará 24 milhões de pesos mexicanos (cerca de R$ 6,2 milhões). O trabalho começou no mês atual e deve ser concluído em outubro.

O veículo do bairro Milenio descobriu através de uma fonte da administração que o empreendimento é ter corridas já em 2023 ou 2024 no Parque Fundidora. “Tudo mostra que há uma expectativa de sair da pista nestas circunstâncias para que as corridas possam eventualmente regressar à Fundidora. Há interesse da Nascar em vir para Monterrey, mas ao mesmo tempo em uma premissa informal, e seria para 2023 ou 2024. A Equação 1 não agora, mas sim Nascar e Indy são escolhas que estão sendo investigadas”, demonstrou o Funcionário do governo mexicano.

O México vive uma etapa memorável no automobilismo mundial, com Sergio Pérez lutando pelo triunfo na Receita 1, Pato O’Ward lutando pelo título na Indy e Daniel Suárez, que ultimamente se tornou o principal mexicano a vencer na NASCAR.

O Parque Fundidora tem este nome por albergar uma antiga metalúrgica que faliu no final dos anos 80. O local foi então transformado em uma área de recreação para uso por indivíduos de Monterrey. No momento, a NASCAR não tem corridas fora dos EUA. A Indy só tem um em outro país, o GP de Toronto, no Canadá, que acontece neste domingo (17), com inclusão total do Prêmio Excelente.

Similar Posts