Dixon se aproxima de Mario Andretti como o segundo maior campeão da história da IndyCar

Scott Dixon quebrou uma corrida rápida de 22 corridas, superou Colton Herta e venceu sem precedentes para a temporada de 2022 em Toronto. Este foi o quarto triunfo do neozelandês no circuito e o 52º na sua profissão, junta-se a Michael Andretti para o segundo maior vencedor do conjunto de experiências da classe. Os dois ficam atrás apenas de AJ Foyt, que tem 67 sucessos.

Andretti utilizou seu entretenimento online para elogiar a conquista alcançada por Dixon, elogiando o piloto e seu grupo, Ganassi, e desejando-lhe consideravelmente mais progresso a partir de agora.

“Meu maior respeito ao meu companheiro Scott Dixon, estou genuinamente feliz por ter a opção de elogiá-lo por seus 52 sucessos. Da mesma forma, devo elogiar o seu grupo, pois ninguém pode fazê-lo sozinho. Acredito que este seja apenas mais um passo em sua excursão. Parabéns!”, expressou Mario após a corrida.

Com o resultado, Dixon se aproximou da disputa pelo título, que seria sua sétima vocação. O neozelandês tem atualmente 307 focos, 44 focos não exatamente Marcus Ericsson, seu colega de Ganassi. A IndyCar retorna no próximo sábado (23), para o GP de Iowa 1, com inclusão total do Terrific PRIX.

Similar Posts